ISQ aproxima PME e industria nacional do paradigma I4.0

Grupo ISQ, com apoio do PT2020 (instrumento SIAC), está a desenvolver o projeto SIM4.0 que visa a transferência de conhecimento científico e tecnológico sobre Sistemas Inteligentes de Monitorização (SIM) para o tecido industrial nacional (sobretudo PME), com incidência em três setores alvo tradicionais:Bens de Equipamento, Componentes e Agroalimentar. O investimento é de 572.761,50€ e é apresentado publicamente em março, com workshops em Castelo Branco, São João da Madeira e Évora.

O objetivo principal do projeto é contribuir para acelerar a capacitação das PME para a adopção do paradigma i4.0, a partir da transferência de conhecimento, obtido no desenvolvimento de projetos de I&D nacionais e europeus. “Para além de melhorar o conhecimento das PME sobre os conceitos do paradigma i4.0, pretende-se que este projeto permita a aproximação entre as comunidades científica e industrial, através da demonstração em cenários industriais reais de resultados científicos e tecnológicos obtidos em ambiente controlado (laboratório), no decorrer de projetos de I&D”explica Helena Gouveia, Coordenadora do Projecto SIM4.0.

 

Veja a notícia completa em Insidegeeks:

http://insidegeeks.net/index.php/entrada-site/111-outros/1346-isq-aproxima-pme-e-industria-nacional-do-paradigma-i4-0

 

Castelo Branco: ISQ lança projeto de meio milhão

O Grupo ISQ, que tem instalações e um dos seus laboratórios em Castelo Branco, está a implementar o projeto SIM4.0 – Sistemas Inteligentes de Monitorização para o tecido industrial nacional, num investimento global de 572 mil 761,50 euros. O objetivo é chegar às pequenas e médias empresas, permitindo-lhes a transferência de conhecimento no domínio da monotorização inteligente de equipamentos e sistemas, possibilitando também uma maior aproximação com a comunidade científica.

Leia a notícia aqui:

http://www.reconquista.pt/articles/castelo-branco-isq-lanca-projeto-de-meio-milhao

 

SIM 4 na Ensino Magazine – ISSU

 

O Regional: Potenciar o paradigma Indústria 4.0

O Regional: Potenciar o paradigma Indústria 4.0

O auditório da Sanjotec, em S. João da Madeira, recebeu, esta quarta-feira, 14 de Março, um dos workshops que o Grupo ISQ está a promover para a apresentação do projecto SIM4.0, que visa a transferência de conhecimento científico e tecnológico sobre Sistemas Inteligentes de Monitorização (SIM) para o tecido industrial nacional.
Sobretudo direccionado para as PMEs e para a sua capacitação para a adopção do paradigma Indústria 4.0, com incidência em três sectores alvo tradicionais (bens de equipamento, componentes e agroalimentar), este projecto conta com o apoio do Portugal2020, representando um investimento na ordem dos 572 mil euros.

Leia aqui o artigo completo:

http://www.oregional.pt/pt/newspaper/3692/economia/potenciar-o-paradigma-industria-4-0.html

ISQ aproxima PME e indústria nacional do paradigma i4.0

O Grupo ISQ, com apoio do SIAC, está a desenvolver o projeto SIM4.0, que visa a transferência de conhecimento científico e tecnológico sobre Sistemas Inteligentes de Monitorização (SIM) para PME e tecido industrial nacional, com incidência em três setores alvo tradicionais: bens de equipamento, componentes e agroalimentar. O investimento é de 572.761,50€ e foi apresentado publicamente em março, com workshops em Castelo Branco, São João da Madeira e Évora.

O objetivo principal do projeto é contribuir para acelerar a capacitação das PME para a adopção do paradigma i4.0, a partir da transferência de conhecimento, obtido no desenvolvimento de projetos de I&D nacionais e europeus. “Para além de melhorar o conhecimento das PME sobre os conceitos do paradigma i4.0, pretende-se que este projeto permita a aproximação entre as comunidades científica e industrial, através da demonstração em cenários industriais reais de resultados científicos e tecnológicos obtidos em ambiente controlado (laboratório), no decorrer de projetos de I&D”, explica Helena Gouveia, coordenadora do Projecto SIM4.0.

O SIM4.0 irá facultar ferramentas que permitirão reduzir as falhas de informação e conhecimento sobre a utilização de tecnologias digitais em contextos reais, em indústrias tradicionais. Ou seja, “serão apresentados e demonstrados em cenários industriais distintos, exemplos práticos que visam mostrar o potencial da implementação de tecnologias avançadas (e.g., monitorização inteligente baseada em rede de sensores; análise de dados em tempo real; inteligência artificial), no aumento da eficácia, competitividade e sustentabilidade dos sistemas industriais portugueses”, refere Octávio Lopes, Assessor de Direção.

A apresentação do projeto iniciou-se com a realização de workshops genéricos sobre os paradigmas e desafios industriais do séc. XXI, que visam sensibilizar a indústria em geral, seguindo-se depois sessões específicas nos três setores alvo do SIM4.0.

Os workshops de sensibilização para os conceitos da i4.0 tiveram lugar a 13 de março em Castelo Branco; 14 de março em São João da Madeira e 15 de março em Évora. A data de realização dos próximos workshops específicos aos setores alvo serão anunciadas brevemente.